Posts Recentes

Ensaio sensual: “Foi uma das melhores sensações da minha vida”

Ser fotografada em um ensaio boudoir é um desafio e tanto para algumas mulheres. Afinal, não é simples tirar a roupa e deixar que outra pessoa observe os detalhes e marcas presentes em seu corpo, ainda mais quando poucas mulheres são seguras com a própria imagem.  Mesmo com essa insegurança, Paula Perpetuo, 25 anos, resolveu encarar um ensaio sensual de lingerie e percebeu que, na verdade, a experiência é renovadora.

 

 

 

 

“Foi uma das melhores sensações da minha vida, me senti a mulher mais maravilhosa do mundo”, fala sobre a experiência. Paula conta que a ideia de fazer um ensaio sensual surgiu como um presente de aniversário de namoro. Porém, o namoro acabou. Mas, como já haviam falado para Paula que a experiência seria renovadora, ela não desistiu da ideia e as fotos acabaram virando um presente para ela mesma.

 

Apesar de estar certa do que buscava e de que queria passar pela experiência, não foi simples. Segundo ela, a princípio, foi tudo muito assustador. “Eu nunca tinha tirado a roupa na frente de alguém com as luzes acesas. Foi um desafio de aceitação”, revela. Porém, aos poucos, o processo foi ficando mais leve e ela percebeu ali a chance de olhar para o próprio corpo de uma nova forma.

 

“A cada pose e cada clique era uma nova descoberta de curvas, cicatrizes, estrias e celulites. Partes de mim que não eram mais defeito, mas detalhes só meus. Exclusivos e particulares”. Paula passou a reconhecer beleza no próprio corpo e a aceitar seus detalhes como marcas importantes da sua história.

 

“Quando vi aquela mulher sorrindo na tela da câmera e na tela do computador para escolha das fotos, foi quando eu descobri a mulher que eu realmente era. A mulher que eu não enxergava”, afirma com orgulho sobre o resultado do ensaio fotográfico de lingerie.

 

Ensaio sensual como forma de aumentar a autoestima

 

Vivemos em uma sociedade que sempre nos coloca para baixo e nos diz que nunca somos boas o suficiente. É uma realidade em que a rivalidade entre as mulheres é forte e, como consequência, a autoestima acaba sendo minada por não nos reconhecermos como mulheres tão fortes e bonitas quanto outras.

 

 

 

 

 

Diante disso, costumamos dizer que um dos principais benefícios do ensaio boudoir é reconhecer a beleza que há em si e, consequentemente, torna-se uma mulher mais forte, empoderada, com uma autoestima e autoconfiança elevada. Com Paula, isso não poderia ser diferente.

 

Um dos principais benefícios que o ensaio boudoir proporcionou a ela foi a chance de se olhar sob uma nova ótica e, a partir disso, aumentar a autoestima e a autoconfiança. “Hoje eu sei a mulher que sou. Até o dia antes de fazer as fotos, eu acreditava ser a mulher que algumas pessoas caracterizavam como gorda, fora de forma, fora do padrão, relaxada ou qualquer outro adjetivo nessa linha de pensamento”, conta. Com as fotos, a certeza de quem era tornou-se mais forte e o amor próprio reacendeu dentro dela.

 

Paula finaliza contando que hoje, após o ensaio sensual, ela entende o próprio corpo como um lugar sagrado, de conforto, acolhimento e apoio. “Hoje meu corpo é meu tempo, meu santuário e meu centro de paz. Hoje posso ser possessiva e dizer com orgulho que é o meu corpo, não mais aquele que eu não tinha vontade de habitar”, finaliza.

 

Please reload

Posts Recentes
Please reload

Please reload

Procurar por tags